JG INFORMÁTICA

Recarga de toner de impressora HP, SAMSUNG e manutenção de TECLADOS DE NOTEBOOK,

além de manutenção em geral é com a JG INFORMÁTICA.

Entre em contato pelo fone: (83) 9 8115-7098.

Org. Jailson Galdino

Horóscopo diário

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

17 de janeiro de 2016

Em partida pouco inspirada, Botafogo-PB empata com o Náutico-PE

Ainda sem muito entrosamento e com alguns desfalques o Botafogo-PB  empatou com o Náutico-PE em 0 a 0 no amistoso realizado na tarde deste sábado (16), no Estádio Almeidão.

Foto: Voz da Torcida

No primeiro teste da equipe contra uma equipe profissional, Itamar Schulle não pôde contar com Nildo, Thiago Costa, Aílton e Carlinhos, que estão entregues ao departamento médico.

No primeiro tempo, Schulle mandou a campo um Botafogo formado por Michel Alves, Angelo, Plínio, Magno Alves, Jefferson Recife, Gedeil, Marco Antônio, Val, Janeudo, Warley e Romarinho. Ainda na primeira etapa, o treinador foi obrigado a sacar Romarinho, que saiu de campo com dores musculares, e colocar em campo Jó Boy.

Curta nossa página nas Sedes Sociais: Facebook, TwitterGoogle+.

Em campo, o Belo se posicionou no esquema 4-1-4-1, com Gedeil a frente da zaga e Romarinho fechando a linha de meio campo pelo lado esquerdo. Com a bola rolando, entretanto, a equipe de Itamar Schulle se mostrou ainda desentrosada e com dificuldades para fazer uma transição da defesa para o ataque com qualidade.

Logo aos 2 minutos o Botafogo-PB assustou em cobrança de falta de Marco Antônio, na entrada da área, que o goleiro Rodolfo defendeu. O Náutico levou perigo em chute de Roni, aos 12 minutos, que Michel Alves defendeu e a zaga afastou.

Aos 30, o Timbu chegou com o perigo após tabela de Roni e Thiago Santana. O camisa 7 do Náutico recebeu dentro da área, mas bateu mal e a bola saiu pela linha lateral. Na sequência, Janeudo acertou a trave após boa jogada de Jefferson Recife pela esquerda, que cruzou na cabeça do meia.

Na segunda etapa da partida, como de praxe em amistosos, Itamar Schulle promoveu muitas mudanças na equipe. O treinador mandou a campo Gustavo, Marcelo Xavier, Zeca, Djavan, Lukinhas e Muller Fernandes no intervalo e, com a bola rolando, ainda entraram Léo Henrique e Roberth.

Os lances de maior perigo do segundo tempo saíram dos pés de Jó Boy. Na primeira oportunidade o atacante recebeu fora da área e bateu rasteiro, mas a bola passou ao lado do poste esquerdo de Júlio César – que substituiu Rodolfo no gol do Timbu, após o intervalo -, já na segunda, ele acertou o gol, mas o goleiro alvirrubro defendeu.

Após lançamento de Plínio, Muller alcançou a bola na linha de fundo e cruzou para Jó Boy mais uma vez levar perigo ao gol do Náutico. Desta vez, o atacante do Belo acertou a trave e a bola se perdeu pela linha de fundo.

Próximo ao fim do jogo, o Náutico chegou perto de abrir o placar com o atacante Élton, que recebeu entre a zaga do Belo, ganhou na velocidade e bateu colocado para tentar superar o goleiro, mas a bola saiu à direita do gol.

Sem sucesso nas finalizações de ambos os lados, a partida terminou com o placar zerado.

O Botafogo tem ainda mais dois amistosos para cumprir na pré temporada. Um contra o ABC-RN, na próxima terça-feira (19), no Frasqueirão. No dia 23, Náutico e Bota-PB voltam a se enfrentar, desta vez em Recife.

Voz da Torcida

Nenhum comentário :
Write comentários

Todo e qualquer conteúdo publicado nos comentário do Actual Esporte é de total responsabilidade de quem os aferir.