JG INFORMÁTICA

Recarga de toner de impressora HP, SAMSUNG e manutenção de TECLADOS DE NOTEBOOK,

além de manutenção em geral é com a JG INFORMÁTICA.

Entre em contato pelo fone: (83) 9 8115-7098.

Org. Jailson Galdino

Horóscopo diário

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

26 de fevereiro de 2016

Rodrigão marca e Campinense vence duelo de líderes na Copa do Nordeste

Raposa ganhou de 1 a 0 do Salgueiro na noite desta quinta-feira, no Amigão, e abriu três pontos de vantagem na ponta. As duas equipes voltam a jogar na próxima semana.
Campinense x salgueiro, copa do nordeste (Foto: Silas Batista / GloboEsporte.com/pb)

Mais uma vez Rodrigão decidiu. O camisa 9 do Campinense, que já havia marcado nos dois primeiros jogos da Raposa na Copa do Nordeste, manteve a boa fase e decidiu o duelo de líderes do Grupo A contra o Salgueiro. Ele fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o time pernambucano, na noite desta quinta-feira, no Amigão, e deixou o campeão paraibano em situação confortável na competição regional.

O Campinense chegou aos 7 pontos em três jogos, e abriu três de vantagem sobre o próprio Salgueiro e o ABC, que hoje dividem a vice-liderança da chave. Na próxima rodada, semana que vem, os dois times voltam a se encontrar, desta vez no Cornélio de Barros, no Sertão pernambucano. Antes disso, porém, o Campinense volta as suas atenções para o Campeonato Paraibano, já que enfrenta o CSP, às 19h30 do domingo, em João Pessoa. Já o Salgueiro enfrenta o América-PE, também no domingo, pelo Campeonato Pernamucano.

Na partida desta noite, o Campinense foi sempre melhor em campo e pressionou o Carcará desde o início em busca da vitória. Após uma intensa pressão, o gol saiu aos 29 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento de Paulinho da direita, Raul deixou a bola passar e o matador rubro-negro aproveitou para vencer o goleiro Mondragon.

Depois do gol, o Salgueiro até que esboçou uma reação e chegou a acuar o time paraibano em seu campo de defesa. Panorama, aliás, que não se modificou no início do segundo tempo.
O Campinense ainda ficou sem Paulinho, que vinha sendo o principal articulador das jogadas ofensivas. Ele se machucou no lance do gol e deu lugar a Filipe Ramon, no início da segunda etapa.

Como o domínio não levava perigo ao gol de Gledson, o técnico Sérgio China apostou todas as fichas nas entradas de Alexon e Paulinho Mossoró. Já Francisco Diá respondeu com Adalgiso Pitbull.

Apesar das mudanças, os dois times pouco criaram. E o placar de 1 a 0 acabou premiando a maior organização raposeira durante toda a partida.

Curta nossa página nas Sedes Sociais: Facebook, Twitter, Google+ e You Tube.


Fonte: Globoesporte.com/pb

Nenhum comentário :
Write comentários

Todo e qualquer conteúdo publicado nos comentário do Actual Esporte é de total responsabilidade de quem os aferir.