JG INFORMÁTICA

Recarga de toner de impressora HP, SAMSUNG e manutenção de TECLADOS DE NOTEBOOK,

além de manutenção em geral é com a JG INFORMÁTICA.

Entre em contato pelo fone: (83) 9 8115-7098.

Org. Jailson Galdino

Horóscopo diário

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

18 de março de 2016

Teixeirão é liberado e vai receber jogo da última rodada da primeira fase

Federação Paraibana de Futebol anunciou na manhã desta sexta-feira que estádio vai receber o jogo entre Santa Cruz-PB e CSP válido pela 10ª rodada do Paraibano.
Estádio Teixeirão vai receber Santa-PB e CSP (Foto: Larissa Keren / GloboEsporte.com/pb)
Pelo segundo ano seguinte, o Estádio Teixeirão foi liberado depois de muita discussão e, mais uma vez, quase no fim do Campeonato Paraibano. Mas finalmente o Santa Cruz-PB vai poder mandar seus jogos em Santa Rita. Pelo menos foi o que a Federação Paraibana de Futebol anunciou nesta sexta-feira.

O estádio vai receber o jogo entre Santa Cruz de Santa Rita e CSP, no dia 27 de março, válido pela última rodada da primeira fase do estadual. Assim como no ano passado, o Teixeirão foi vetado pela Comissão e o Santa teve que mandar suas partidas no Estádio Almeidão. Foram dois empates, uma vitória e uma derrota jogando em João Pessoa.

O anúncio foi feito após reunião na manhã de hoje no Ministério Público, entre o presidente da Comissão Permanente de Combate e Prevenção à Violência nos Estádios, Valberto Lira, e o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues.

Na lanterna do Grupo A, mas a apenas três pontos da zona de classificação para a próxima fase, a Cobra Coral dos Canaviais luta para chegar ao G-3. E antes de jogar em Santa Rita, vai encarar o Atlético-PB, em Cajazeiras, no próximo domingo, às 16h.

Uma tradição ruim
Desde que o Santa conquistou o acesso para a elite do futebol paraibano em 2013, conseguir a liberação do Teixeirão sempre foi um problema. Em 2014, o time teve que mandar os jogos em João Pessoa. O time da cidade continuou tentando a liberação, mas o estado da arena era tão precário que o muro chegou a desabar e o Teixeirão ficou com 45 metros de 'área aberta'.


Apesar da força-tarefa do clube e da prefeitura para reformarem o estádio e, assim, conseguirem a liberação, o Teixeirão continuou interditado até 5 de março do ano passado, quando uma vistoria da Comissão permitiu que o local recebesse jogos.

Fonte: Globo esporte Paraíba

Nenhum comentário :
Write comentários

Todo e qualquer conteúdo publicado nos comentário do Actual Esporte é de total responsabilidade de quem os aferir.