JG INFORMÁTICA

Recarga de toner de impressora HP, SAMSUNG e manutenção de TECLADOS DE NOTEBOOK,

além de manutenção em geral é com a JG INFORMÁTICA.

Entre em contato pelo fone: (83) 9 8115-7098.

Org. Jailson Galdino

Horóscopo diário

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

Compre a rifa da Desportiva Guarabira aqui

25 de maio de 2016

CSP e Raposa duelam por vagas na final, no Nordestão e na Copa do Brasil

Jogo de volta da semifinal do Campeonato Paraibano acontece, nesta quarta-feira, às 20h30, no Estádio Almeidão. Campinense venceu a primeira partida por 1 a 0.

Quando CSP e Campinense entrarem em campo às 20h30 desta quarta-feira, no Almeidão, vão disputar mais que apenas a vaga na final do Campeonato Paraibano, contra o Botafogo-PB. O time que conseguir a vaga na decisão do estadual vai garantir ainda as classificações para a Copa do Nordeste e para a Copa do Brasil do ano que vem. E, no caso do Tigre, a passagem à final ainda assegura vaga na Série D deste e do próximo ano - a Raposa já está garantida no Brasileiro.
No jogo de ida, em Campina Grande, o Campinense venceu por 1 a 0 e inverteu a vantagem, que era do CSP. Agora, o Tigre precisa de uma vitória simples para eliminar o rubro-negro e avançar para a decisão. À Raposa, basta um empate para seguir na briga pelo bicampeonato.
Do lado do Alviceleste de João Pessoa, o técnico Tazinho está tranquilo quanto à escalação. Sem problemas de suspensão ou contusão, o treinador ganhou o retorno do lateral-esquerdo Fábio, que ficou fora da primeira partida, cumprindo suspensão automática. A tendência é que ele reassuma a posição, que foi ocupada por Léo Carioca em Campina Grande.

E a vantagem de poder entrar em campo para jogar por um empate, parece que não vai mudar muito o esquema de jogo do Campinense. Com prioridade total na briga pelo título do Campeonato Paraibano, o comandante raposeiro, Francisco Diá, vai com o que tem de melhor à disposição para encarar o Tigre e sair do Almeidão com a classificação para a final. As únicas baixas serão do meia Roger Gaúcho, que segue afastado do grupo por indisciplina, e do volante Leandro Sobral, que está no departamento médico se recuperando de contusão na coxa.
A arbitragem da partida fica a cargo de Éder Caxias, que tem Luís Filipe e Griselildo Sousa como auxiliares. 

CSP: Sem qualquer problema de contusão ou suspensão, o Tigre vai com força máxima para a partida. 

CAMPINENSE: O meia Roger Gaúcho segue afastado do grupo por indisciplina. E o volante Leandro Sobral ainda está entregue ao departamento médico, recuperando-se de contusão na coxa. 


CSP: O técnico Tazinho ganhou o retorno do lateral-esquerdo Fábio, que cumpriu suspensão automática no jogo de ida. No entanto, o treinador não confirmou se o jogador reassume a titularidade. A escalação do Tigre, assim, deve ser a seguinte: Wallace, Igor, Hytalo, Luiz Paulo e Fábio (Léo Carioca); Walber, Peu, Leandro e Caaporã; Bruno Paraíba e Carioca. 

CAMPINENSE: Depois de armar o time no 4-3-3 no jogo de ida, o técnico Francisco Diá resolveu voltar para o tradicional 4-4-2, com os meias Chapinha e Jussimar entrando nos lugares do atacante Adalgiso Pitbull e do meia Filipe Ramon. Além disso, Negretti assume a titularidade na lateral direita no lugar de Everaldo. Assim, a Raposa deve ir a campo com Glédson, Negretti, Joécio, Tiago Sala e Danilo; Magno, Fernando Pires, Filipe Ramon e Chapinha; Reginaldo Júnior e Rodrigão.

Fonte: Globo Esporte Paraíba

Nenhum comentário :
Write comentários

Todo e qualquer conteúdo publicado nos comentário do Actual Esporte é de total responsabilidade de quem os aferir.