JG INFORMÁTICA

Recarga de toner de impressora HP, SAMSUNG e manutenção de TECLADOS DE NOTEBOOK,

além de manutenção em geral é com a JG INFORMÁTICA.

Entre em contato pelo fone: (83) 9 8115-7098.

Org. Jailson Galdino

Horóscopo diário

12 de fevereiro de 2017

FPF vai reprogramar jogos e terminar o Campeonato Paraibano mais cedo

Eliminações de Botafogo-PB e Campinense na Copa do Brasil abriu duas datas para a Federação adiantar os jogos da fase de classificação. Estadual deve acabar em 10/5.

A Federação Paraibana de Futebol (FPF) vai aproveitar as eliminações de Botafogo-PB e Campinense na Copa do Brasil para acelerar a disputa do estadual. Nesta segunda-feira, a entidade deve divulgar uma nova tabela ocupando as das de 8 e 15 de março, que antes estavam reservadas para a competição nacional.

A ideia é subir duas rodadas da décima segunda. Assim, a fase de classificação terminaria no dia 16 de abril. As semifinais aconteceriam nos dias 30/4 e 3/5, e as finais em 7/5 e 10/5. Outra possibilidade é fazer as duas finais em dois domingos - com a grande decisão acontecendo no dia 14 de maio. 

+ Confira tabela e classificação do Campeonato Paraibano 

Pelo calendário proposto pela CBF, os estaduais iriam até o dia 30 de abril. No entanto, a FPF conseguiu a liberação para passar desse limite, uma vez que não tem times nas séries A ou B. A única obrigação é terminar a competição antes do dia 21, data da estreia do Botafogo-PB no Brasileiro da Série C - o que estava ameaçado de acontecer caso algum time paraibano tivesse avançado na Copa do Brasil.

No entanto, ainda existe até a possibilidade do campeonato terminar dentro do prazo nacional. Isso depende das participações de Botafogo-PB e Campinense na Copa do Nordeste. A Federação reservou datas para os dois clubes, caso avancem. Se isso não acontecer, o Campeonato Paraibano pode "ganhar" novas datas, e assim acabar mais cedo.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário :
Write comentários

Todo e qualquer conteúdo publicado nos comentário do Actual Esporte é de total responsabilidade de quem os aferir.