CSP pode ser excluído e Internacional que vaga no Paraibano 2018 - Actual Esporte

EXCELENTE ESPAÇO

EXCELENTE ESPAÇO
Não perca esta oportunidade!

Horóscopo diário

28 de setembro de 2017

CSP pode ser excluído e Internacional que vaga no Paraibano 2018

Uma polêmica envolvendo Federação Paraibana de Futebol (FPF), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Centro Sportivo Paraibano (CSP) está levando o presidente do Internacional-PB, Tassiano Gadelha, a brigar para assumir uma vaga na Primeira Divisão do Paraibano 2018. O dirigente garantiu já ter acionado os meios jurídicos para questionar a possível entrada na competição no lugar do CSP.
A possibilidade surgiu após o CSP ter o seu acesso bloqueado no sistema da CBF, por causa de um processo do Tigre contra a entidade nacional, que tramita na Justiça Comum. Mesmo rebaixado na edição do Paraibano do ano passado, Tassiano garantiu que está lutando para assumir a vaga que possivelmente pode ser deixada na elite do futebol estadual.
-  Estamos procurando as pessoas que podem resolver esta situação para oficializar a entrada do Internacional na vaga do CSP  -  resumiu.
O assunto, conforme deixou transparecer o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, está relacionado com a transferência do atacante Lúcio Curió para o futebol sul-coreano. O CSP teria acionado a Justiça Comum pedindo uma indenização à CBF de aproximadamente R$ 3 milhões.
O presidente do CSP, Josivaldo Alves, admitiu ter recebido a informação do bloqueio da senha para movimentar a conta do clube no Sistema da CBF, ficando impossibilitado de transferir ou regularizar jogadores. Porém, o dirigente afirmou desconhecer o motivo do bloqueio.
-  Já acionei a Federação e espero uma resposta do presidente Amadeu Rodrigues para poder tentar resolver esta questão. Não posso falar de um assunto sem ter um documento oficial  -  afirmou o dirigente.
No entanto, de acordo com o presidente da FPF, mesmo que o CSP continue bloqueado na CBF, o Internacional não irá disputar a Primeira Divisão de 2018. Segundo Amadeu, o Internacional foi rebaixado e terá que voltar reconquistando a vaga através da Segundona.
Outro que também pode querer a vaga e o São Paulo Crystal, terceiro colocado da Segunda Divisão 2017, que ainda não se pronunciou sobre o assunto. Porém o assunto será debatido na reunião que a FPF marcará em breve com os dez clubes que disputaram o Campeonato Paraibano 2018.
Na semana passada, o Internacional firmou uma parceria para mandar seus jogos na cidade de Lucena. Esta será a quarta cidade que o time se instala em toda a sua história. O Colorado paraibano foi fundado em João Pessoa e já passou por Teixeira, Santa Rita e agora chega ao Litoral Norte. Pela parceria firmada com a prefeitura, o time ficará em Lucena até 2020. “Com esta possibilidade do Internacional entrar na Primeira Divisão, no próximo ano, teremos total apoio da Prefeitura de Lucena”, afirmou Tassiano.
  Fonte: Correio da Paraíba

Nenhum comentário :
Write comentários

Todo e qualquer conteúdo publicado nos comentário do Actual Esporte é de total responsabilidade de quem os aferir.